Playlist Semanal #2 (13-30/Nov no K-Pop): Quando o girl power e a representação LGBT resolvem dar as caras na Coreia do Sul

Depois de uma certa decepção de grandes atos coreanos na playlist passada e da época de provas, revolvi esperar o mês de novembro acabar pra ver se achava coisa boa o suficiente pra encher a segunda playlist. E não é que deu certo??

ps21

Por um lado, não teve quase nenhum ato conhecido que preste (ironicamente, dois deles figuram nessa playlist, que nem na outra), por outro, o mundo nugu dos cantores desconhecidos desovou umas musiquinhas legais… Vamos ver quantas cantoras e cantores que você ainda não conhece eu consegui elencar??

JungGiGo feat Paloalto- Hey Bae

[Hey Bae – ?th Single]

Esse nem eu faço ideia de quem seja. Juro que tentei procurar sobre a carreira dele pela internet a fora e não achei ABSOLUTAMENTE NADA, por isso não sei que raios de single é esse. Maaaaas, por que ele está aqui então?? Simples: MÚSICA BOA.

Uptown Funk foi praticamente a Ain’t No Other Man dessa década, trazendo todo o swing do som americano da década de 50/60 pra moda musical. Esse cara aí resolveu fazer o mesmo e deu muito certo. Nem o clipe em que não acontece absolutamente nada conseguiu estragar o swing da música, que de k-pop só tem o cantor mesmo. Com certeza se fosse um ato americano x teriam várias e vários babando por aí, mas esse é mais uma realidade do dia a dia do capopeiro médio…

LOONA (Heejin + Hyunjin) – I’ll Be There

[Hyunjin – The 2nd Single]

LOONA deve ser um dos projetos mais megalomaníacos do k-pop neste ano. A grande ideia do grupo é: debutar cada integrante solo todo o mês, aí, depois das doze integrantes terem seu espaço ao sol, o grupo debuta como um todo. A ideia poderia ser muito mal executada se desovassem aquelas musiquinhas temas de novela coreana ou aquele conceito fofo básico, passando completamente despercebida… SQN!!! Mês passado foi o debut da primeira integrante (a.k.a. Heejin), e, sinceramente, fiquei impressionado com a qualidade da música e do clipe. Parece que essa Black Berry Block Berry Creative quer entrar no jogo pra valer e, pelo menos em uma das músicas do mês, o mês 2 também valeu a pena.

Apesar de o grande enfoque do projeto ser a segunda integrante (a.k.a. Hyunjin), a faixa solo dela é uma daquelas melodias lentas bem basiconas e só ganha pontos pelo clipe nada a ver com direito a cabeça de gato gigante concept (que inclusive está na imagem principal do post pela iconicidade). Agora, a faixa das duas juntas, que por si só já é uma ideia interessante da empresa, é boa no nível do mês passado <3. Os “dandandaran” abrem a faixa com tudo e só eleva o tom enquanto vai se aproximando do refrão. Os passinhos simples estão super ok com o clipe #BBF concept uma ótima ideia pra disfarçar o baixo orçamento. É uma música simples e tranquila, que, depois de umas duas ouvidas, você já vai se pegar cantando as partes em inglês do refrão repetidamente.

KNK – U

[Remain – The 2nd Mini Album]

Existem músicas de boybands que são boas que nem parecem que são de boybands. Parece que, por algum motivo qualquer, todos os girlsgroups disponíveis recusaram a música dos produtores e eles, desistindo, deram pra uma boyband qualquer. U é exatamente isso. É muito fácil imaginar alguém como f(x) ou o lado velvet de Red Velvet lançando essa delícia. Pelo menos elas teriam um clipe, visto que a empresa desse tal de KNK nem conseguiu gravar o clipe direito e acabou só colocando no Youtube a versão deles dançando mesmo… De toda forma, é só fechar os olhos e imaginar as vozes feminas que é sucesso.

A coreografia deles tá legal também, mas nada que qualquer outra boyband não faça igual, então vamos para o próximo ‘-‘…

Sol T – Bad Girls

[Bad Girls – The 2nd Single]

2NE1 acabou. 4Minute acabou. Miss A está pra implodir. A Coreia está necessitada de girl power concept que nenhum grupo consegue desovar como esses três. Obviamente, as pequenas empresas estão de olho nisso e, depois de BULL-DOK e Matilda, agora veio Sol-T (sério, que raios de nomes são esses?? KKKK) pra abarcar as viúvas e viúvos do gênero. O clipe é bem básico mesmo, porque nem todo mundo nada em dinheiro como a YG e a SM, mas a dancinha está rídicula no sentido bom da palavra se é que isso existe e elas estão bonitas. De longe a música mais fraquinha da playlist, mas o que posso fazer?? Sou um dos viúvos…

Cosmic Girl feat San E – Don’t Worry ‘bout Me

[Don’t Worry ‘bout Me – The 2nd Single]

Essa Cosmic Girl é tão desconhecida quanto o primeiro da lista. Na verdade, só sei que este é o segundo single dela porque acompanhei quando ela debutou mais cedo esse ano. Na verdade, o nome dela é Jooyi e ela é uma das mil ex-integrantes do RaNia (não tem problema em não conhecer, elas tiveram uma música de sucesso e olhe lá…), e está apostando num pop-cult concept. Este é o primeiro clipe dela e, sinceramente, está incrível! Aqui é a badass bitch séria que não precisa usar espinhos e fritar na velocidade do rap pra parecer assim. O R&B da música é simples ao ponto de lembrar uma faixa de interior de álbum de qualquer rapper americano, mas isso ser lançado na Coreia por uma solista, em pleno mar de conceito fofo, é um ponto fora da curva grande demais para não ser notado. Que venham outros singles, que venham mini-albuns… I’m ready to be surprised!!!

O rapper combinou perfeitamente com a música e, sendo o cara que lançou a música criticando a situação política que a Coreia do Sul está passando agora, apenas deixou a música melhor.

Sistar feat Giorgio Moroder – One More Day

[One More Day – The 7th Colaboration Single]

Antes que você pergunte, Giorgio Moroder é um velho produtor italiano que, por um motivo qualquer, resolveu apostar no K-Pop para ganhar uns dinheiros a mais. Sistar, se você estiver se perguntando também, é um grupo vivido que deu a volta por cima e lançou SEU MELHOR SINGLE EM TEMPOS há uns meses. A impressão que fica é a que a Starship Entertaiment (a empresa do Sistar) viu que o solo da líder do grupo (a.k.a. Hyorin) flopou e resolveu dar outro hino pro grupo desovar antes que a Coreia do Sul seja engolida pelo ciclone natalino.

A grande questão é que, se fosse só pela música, seria incomum, mas, ainda sim, esperado. Agora, colocar a questão LGBT VISIVELMENTE no clipe, sem subtextos, sem duplas interpretações, foi icônico. Lembrou concepts que K.Will, After School e BesTie já fizeram, só que melhor. Fechou o fraco ano de 2016 com algo melhor do que ele merecia.

Depois de lançar dois hinos seguidos, dá até medo do hype que Sistar criou para o ano que vem. Por enquanto, é só dar replay e ver sua favorita fracassar enquanto essas aqui rolam em dinheiro.

ShiNee – Tell Me What to Do

[1 and 1 – The 5th Album Repackage]

Quanto teve a notícia de que ShiNee voltaria com uma musiquinha lenta, já me preparava pra desgostar muito e ver como o repackage ia estragar a beleza do último álbum deles (a.k.a. 1 of 1). Isso de fato ocorreu, mas pelo menos o single é uma música boa. A melodia da música consegue se sobressair aos gritos deles (o que é muito raro nas músicas lentas coreanas) e realmente agrega alguma coisa pro camarote pra ideia que a música quer passar. Nada que inove a discografia do ShiNee, mas de todas as musiquinhas no mesmo estilo dessas duas semanas, foi definitivamente a melhor.

Quanto ao clipe, se tratando de um grupo veterano e ainda da SM Entertaiment, só não é o melhor da lista porque Sistar resolveu hitar duas vezes no mesmo ano. O surpreendente é que apenas DOIS deles gostem da menina!!! E eles ainda brigam entre si por isso!!!! Para você, acostumado a música pop americana média, isso parece o mais óbvio, mas nunca subestime a breguice do k-pop. Em 99% dos casos, todos amam a mina e estão okay com isso e tals, bem no estilo daqueles animes reverse-harem ou naqueles otome games, então qualquer coisa que fuja a isso já é uma vitória.

ps22
Essa cena máfia concept foi a melhor que achei do gênero reverse-harem. O nome do anime, a propósito, é Arcana Familia, deve até ser legal, quem sabe…

Link da Playlist

Enfim, essa foi a segunda playlist sobre novembro e última que não será englobada nos bests anuais de 2016 (porque ficar cavucando entre singles natalinos de dezembro não dá, né??). Então aguardem que as próximas não ficarão só pela Coreia do Sul não, hein??

Sim!!! SUA FAVORITA AMERICANA/BRITÂNICA NÃO ESTÁ A SALVO!!!

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s