Nabillera, HyunA: Reassumindo o protagonismo de seus lançamentos

E o Aquário está de volta!!!!! Muita coisa aconteceu nesses últimos meses, e eu perdi um monte de coisa que foi lançando (não devo ter escutado nem 10 lançamentos diferentes nesse hiatus do blog). Mas a minha idol preferida resolveu sair do porão que divide com o noivo pra mudar o significado que Nabillera tinha na mente do capopeiro médio… Era a oportunidade perfeita pra dar aquele start pra eu voltar a escrever por aqui:

Eu sou biased. Escuto a Hyuna há praticamente dez anos e já acompanhei todos os quinhentos debuts que ela acabou tendo na indústria, mas depois do MALDITO moombahton de aula de zumba de I’m Not Cool eu estava sem esperança com o que ela poderia trazer. Felizmente, ela (e o Dawn) jogaram o gênero fora, trocaram os dançarinos que se besuntam de óleo e entregaram algo que explora muito mais do que a HyunA agrega ao cenário coreano.

A grande força da HyunA em seus 15 anos de carreira foi a capacidade de tirar um verdadeiro sarro da divisão aegyo x sexy que pautava os atos femininos na 2º e 3º geração. Os melhores lançamentos dela eram os que trabalhavam essa dualidade AO MESMO TEMPO, dando uma ofendida na família tradicional coreana como um bônus. Os tempos mudaram e a própria HyunA já vinha dando sinais de mudança com Babe, em 2017, mas toda a polêmica e troca pra P Nation acabou deixando ela um pouco perdida quanto ao que fazer artisticamente. Houve algumas experimentações inusitadas e até um vlog religiosamente atualizado por quase dois anos, mas faltava o pulso criativo e contagiante que permeava a carreira da artista até 2017.

Nabillera, em minha opinião, é a primeira tentativa REAL da HyunA em um bom tempo. A música é esquisita (parece um EDM mas com pouquíssimos elementos) carregando um pouco das experimentações que ela vinha fazendo e também apela para os tiktokeiros (como I’m Not Cool e Ping Pong), mas, ainda assim, é uma faixa em que vemos a HyunA como protagonista, com seus pseudo-raps, a letra safadíssima, o twerk, as referências a Bubble Pop, Roll Deep e Red, e, claro, o já icônico ajeitar de peitos no refrão.

E acho que era um pouco disso que eu estava sentindo falta. Uma HyunA confiante, agressiva, que domina a presença no clipe (e não é engolida por decisões curiosas de cenário e figurino) e não perde o bom humor. Sério, “nabillera” é um fucking termo literário mó poético para os coreanos (não é a toa que é a música do GFriend) e ela usou como referência pra “vou sentar em você como a borboleta senta na flor” kkkk Aiai, adoro essa mulher.

O álbum está um pouco curto demais para o meu gosto (pra quem tava prometendo um full, voltar com um EP de QUINZE MINUTOS é sacanagem), mas funciona muito bem. É, de longe, o melhor EP dela desde A’wesome (um dos melhores EPs do kpop, na minha humilde opinião), com incursões inesperadas de ritmos SEM MOOMBAHTON E SEM TRAP. Choque-se, mas tem até uma faixa bem pop punk Avril Lavigne: Bad Dog (minha favorita nessa primeira ouvida).

Nabillera veio sem aviso e nem encarte direito vai ter na versão física, mas, sem sombra de dúvidas, é o melhor lançamento da HyunA em CINCO FUCKING ANOS. Equilibrando a persona que ela constrói a tempos com as atualizações sonoras dos anos na P Nation, finalmente ela possui um repertório minimamente sólido nessa nova geração com este EP e pode voltar a ser lembrada junto de outras icônicas solistas que debutaram na 2º geração que estão lançando coisa até hoje…

P.S.: MUITO OBRIGADO por todos os “parábens” e “melhoras” T^T Fui ver a atualização do blog ontem e jurava que era mais um bando de pivete reclamando as críticas que eu fazia no post da Hwasa e do IVE (sim, esses comentários ficaram recorrentes kk), fiquei com o coração mó quentinho :3

Eu tô lentamente dando uma olhada em tudo que lançou nesses meses pra comentar e acho que vou fazendo pequenos Fundos do Mar pra ir postando tudo (porque se for pra esperar escutar TUDO e pra comentar TUDO o blog nunca mais atualiza kk).

O Aquário Hipster também tem twitter! Segue lá: @AquarioTutu

7 comentários em “Nabillera, HyunA: Reassumindo o protagonismo de seus lançamentos

  1. Ah ,que supresa boa que foi ambos os comebacks (o da Hyuna e o seu😁)

    O refrão extremamente chiclete, só de escutar uma única vez já fiquei com ele na cabeça. Depois da saída da Jessi da Pnation fiquei receosa sobre a futuro da carreira dos outros artistas lá (principalmente a Hyuna), então ver ela de volta com uma música que é tão a cara dela é uma espécie de conforto (e também um respiro, nessa época de verão todo mundo volta com praticamente a mesma música)

    Curtido por 1 pessoa

  2. 01 coisa que eu amo em Hyunão e torna ela única no k-pop é o jeito com que ela mistura aegyo debochado com sexy concept, algo que foi muito bem explorado pelos produtores que trabalharam com a lenda e ela faz muito bem em Bubble Pop, Lip & Hip e tantas outras faixas dela. E apesar do MV de Nabillera seguir nessa mesma linha e fazê-lo muito bem, infelizmente a faixa não acompanha o êxito visual: o refrão é bem maçante e derruba toda a música ao invés de levantá-la, o que é uma pena. Ainda não escutei o mini álbum e acredito que deva ter faixas melhores nele que mereciam ser title track, mas essa vai ficar no limbo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s