Fearless, LE SSERAFIM: Mais um debut triste da 4º geração que não vale o hype?

Me atualizando com o kpop, eu percebi que seria legal voltar a postar coisa de lançamentos recentes (se não vou ficar sempre atrasado :’). Esta segunda tive uma ótima oportunidade pra isto, já que o LE SSERAFIM, aka o novo grupo da Sakura, aka o 1º girlgroup da HYBE em mais de dez anos, teve seu aguardadíssimo debut, Fearless (bem Brave Girls isso daí, hein kk):

Eu não estava preparado para aclamar isto não.

Ultimamente, todo girlgroup novo e hypado parece uma oportunidade desperdiçada de fazer algo melhor. Os últimos debuts de grandes empresas foram muito sem graça (ou uma bagunça no pior sentido), sem contar que a HYBE não tem histórico positivo de girlgroup pra me dar um pouco de esperança. Nem a presença da Sakura me empolgou, porque eu não conheço muito da gata (acompanhei o IZONE mais pelas músicas do que pelo programa). Era certo que eu ia tacar o pau e ganhar umas views de capopeiros furiosos com o passar do tempo (como vem acontecendo com os posts do IVE, da Hwasa e do aespa).

Mas Contudo Todavia Porém, LE SSERAFIM trouxe algo que eu NUNCA imaginaria no atual cenário de girlgroups: um pop fácil, gostosinho e sem grandes invencionices pra pagar de conceitual.

Quando as fotos teaser foram saindo eu fiquei preocupado com o que poderia sair de algo tão minimalista com tanto orçamento quanto a Hybe. Imaginava que iam tacar os modismos hyperpop ou trap, mas, ao invés disso, produziram uma demo club atualizada do dance-pop noventista e lançaram. O refrão é viciante demais, cantado numa velocidade frenética que combina com o instrumental e com os “pumpumpumpum” que permeiam as transições entre um momento e outro da faixa. Os high notes logo antes do refrão fazem um drop bem natural e agradável (diferente da maioria dos refrãos ultimamente). Os vocais das meninas realmente combinaram com a proposta, realmente conseguindo me convencer do girl crush sexy que miraram aqui.

Musicalmente, está ótimo demais.

Agora, os visuais…

Eu não ENTENDO qual o problema do gerenciamento atual que desnuda os grupos de qualquer caráter que não seja cool ou meio modelete. Eu sei que a quarta geração está sendo o ápice do conceito “modelos que cantam as vezes”, mas o minimalismo do LE SSERAFIM tá triste de se ver.

Isto porque não é um minimalismo realmente do it yourself ou apelando pra roupas esportivas, mas sim naquela pegada de roupa de marca super básica que só tá escrito “givenchy”, “celine”, “prada”, etc. Além da roupa não ser nada demais, ela só funciona como uma letreiro de status. Não impacta, não impressiona, não fica na memória. Por mais que a coreografia seja frenética e empolgante, não há o mínimo de estilo aqui, deixando o LE SSERAFIM parecendo uma coisa de pré-debut, de tão simples que está.

Eu cheguei a escutar o álbum pra ver se tinha algo tão legal quanto o single e ele até que não faz feio. Tem uma intro e mais três b-sides que dão um pouco de corpo pro debut apostando em outros estilos. Todas as faixas combinam, soam super atuais e no momento, sem perder a coesão com o single. A única que eu curti mesmo, porém, foi Blue Flame, que traz um pouco de disco junto de uns vocais mais agudos. Seria uma ótima para elas performarem nos Music Bank com umas roupas um pouco mais… coloridas.

LE SSERAFIM foi um debut que acertou e errou no improvável. A música (que costuma ser triste) foi super agradável, despretensiosa e gostosinha, mas os visuais (que costumam ser super impactantes) foi tão genérico e esquecível quanto nugas que gravam clipe em galpões. O saldo ainda é positivo (estamos falando de um gênero MUSICAL no fim do dia) e até me deixa curioso pra por quanto tempo a HYBE continuar essa vibe monocromática sem-graça.

O Aquário Hipster também tem twitter! Segue lá: @AquarioTutu

10 comentários em “Fearless, LE SSERAFIM: Mais um debut triste da 4º geração que não vale o hype?

  1. amei a música, mas definitivamente dava para ser básica com mais personalidade.

    aquela direção criativa para o encarte de INVU da Taeyeon combina super com o clima que a HYBE quis trazer com o LE SSERAFIM, mas a diferença é que a SM executou bem.

    Sem contar que quem cuidou da direção criativa soube equilibrar bem o lado fantasioso do single com o classy da capa/photoshoot cuspido da aba do pinterest grey aesthetic minimal, tanto que mesmo sendo opostos você enxerga o mesmo universo

    Curtido por 1 pessoa

  2. Acabei gostando bastante desse debut, mas eu não tava esperando nada mesmo, então o que viesse era lucro. E ainda bem que eu saí no lucro! É uma música bem boa.

    Mas e quem achou que esse logotipo horrível estava bom?? Sério, essa coisa parece ter sido feita no photoscape (e olha que tem como fazer coisa melhor com o photoscape)! Se o conceito é ser minimalista, não dá pra ser minimalista com algo bonito???

    Curtido por 2 pessoas

  3. Amo que a HYBE arriscou muita coisa nesse debut. Não sei se o MV chega ser um full sexy concept, até porque essas meninas tem rostos muito infantis, mas pelo menos dá uma bela raspada no que o sexy concept foi no k-pop (as aulas de xoxotada no chão da Hyolyn criando uma ótima geração na Coreia). E uma coisa que não vi nenhum comentário em lugar nenhum: Sakurão com pouco tempo de tela nele, mas acho que a empresa quis fazer isso justamente por ela já ser bem conhecida e não gerar inveja por parte das colhegas de grupo, como se não bastasse o belíssimo climão de metade do grupo ter saído do Produce 48. Quanto à música, ela é ótima, inclusive dá uma bela chupada em Famous, do Taemin, que não vi NINGUÉM da blogosfera comentar sobre a delícia na época de seu lançamento:

    Foi passando Famous quase que inteira na minha cabeça conforme essa Fearless rolava, e foi um ótimo resgate de sample da HYBE, então parabains a todo mundo envolvido nesse debut!

    Curtido por 1 pessoa

      1. Eu não tenho Twitter kkk
        Te acompanho no Instagram, mas como faz um tempo que não via nada achei que era coisa ruim. Mas fico contente que não, não comentei em tom de cobrança tá kkk
        Foi só uma breve lembrança e apelo para q vc continue existindo aqui, se quiser tbm

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s